O que fazer com um marido alcoólatra e como buscar um tratamento?

O que fazer com um marido alcoólatra e como buscar um tratamento? Ter um marido alcoólatra pode ser uma das coisas mais difíceis que as esposas podem enfrentar, afinal, sabidamente o vício em álcool pode ser tão ou mais destrutivo quanto o uso de drogas ilícitas.

Muitas pessoas ainda não entendem bem como lidar com essa situação, outras acabam abandonando o lar, entretanto, aquelas que desejam ficar e lutar devem entender exatamente como lidar com esse problema e o que estão enfrentando de verdade.

Certamente devemos lembrar que o alcoolismo, é uma doença crônica, sendo que ela afeta milhões de pessoas no mundo inteiro, essa doença ainda é um problema social enorme que abala diversas famílias.

Algumas das maiores vitimas do alcoolismo são as esposas, sendo assim, nesse artigo você saberá como lidar com um marido alcoólatra e principalmente: como buscar ajuda para tratamento do mesmo!

O que fazer com um marido alcoólatra?

Antes de entendermos como lidar com um marido alcoólatra, precisamos entender que nem sempre eles estão alcoolizados, e que alguns deles possuem tendência a se tornar agressivos quando estão sob o efeito do álcool.

Sendo assim, primeiramente falaremos da situação mais comum: onde o marido está alcoolizado e o mesmo é agressivo. A primeira coisa a fazer, é manter sua integridade física e a dos filhos caso os tenha!

Sendo assim, jamais em hipótese alguma discuta ou tente falar com a pessoa alcoolizada, se necessário for chame a polícia para contenção da pessoa alcoolizada.

A prioridade no momento em que a pessoa está alcoolizada e violenta, é manter você e os filhos em segurança, sendo assim, nunca faça algo que coloque sua integridade física em risco.

Como conversar com a pessoa que é alcoólatra?

Você deverá conversar com essa pessoa somente quando o mesmo não estiver alcoolizado, e com muita calma, sendo que esse é o momento de explicar e conversar sobre essa situação em questão.

Sendo assim, comece iniciando uma conversa da forma mais tranquila possível, procure então deixar claro seu amor por ele, e explique que deseja o melhor para os dois e caso tenham filhos para esses também!

Depois de mostrar e deixar bem claro seu amor e sua preocupação pela família e por ele, saiba que é hora de entrar nesse assunto, e então fale sobre os problemas que o alcoolismo tem causado para todos da família.

Sempre procure relembrar as brigas e todos os demais momentos conturbados causados pelo alcoolismo, procure mostrar que você ficou triste, abalada, e está constantemente assustada, deixando evidente quais são os conflitos causados pelo alcoolismo.

Lembrando que não devemos nunca os culpar pela doença, entenda e conscientize o mesmo de que o alcoolismo é o culpado de tudo que somente seu marido poderá então mudar essa situação em questão.

Procure incentivar seu marido sempre a buscar ajuda profissional, sendo assim, procure se oferecer para que possam escolher uma boa clínica de recuperação, e deixe claro que estará ao seu lado apoiando e acompanhando o tratamento.

Nesse momento é importante que você seja paciente com seu marido alcoólatra, afinal, a negação é extremamente comum entre eles. Essa pessoa pode dizer que irá buscar ajuda ou ainda que irá parar de beber e não ser mais agressivo, pode fazer isso somente para evitar essa conversa desagradável.

A ideia aqui é não desistir facilmente, entretanto, você sabe que não pode e nem deve insistir para sempre, principalmente se a pessoa não se mostra disposta a buscar ajuda. Jamais prejudique sua integridade e saúde, com uma pessoa que efetivamente não se mostra aberta para melhorar!

Como lidar com a pessoa que aceitou um tratamento?

Se essa pessoa se dispôs e reconheceu que está doente, e que efetivamente precisa de tratamento, então é o momento de apoiá-lo ainda mais, justamente porque é bem comum que as recaídas acabem acontecendo.

Sendo assim, a ideia é sempre evitar aqueles lugares onde tenha bebidas alcoólicas, caso você acabe bebendo socialmente pense que não deve fazer isso na frente dele, e menos ainda levar bebidas para dentro da própria casa.

A ideia é incentivá-lo a manter a sobriedade, sendo que estar próximos um do outros nesse momento acaba sendo essencial para o sucesso do tratamento no Grupo Salvando Vidas que está sendo feito!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Podemos te ajudar?