O alcoolismo é um problema antigo e que continua crescendo, conforme o acesso ao álcool se torna mais comum e mais bem aceito pela sociedade. É necessário realizar atendimentos em clínica de internação para pessoas alcoólatras que consomem bebidas de forma excessiva principalmente sem a consciência de que isso é um problema.

Muitas vezes se faz necessário realizar a internação involuntária de alcoólatras, justamente por não reconhecem o seu problema como algo sério e como um problema de saúde. Muitas vezes, as famílias acabam tendo que interver nessa situação, passando por um processo complicado, mas muitas vezes necessário.

Como funciona a internação de alcoólatras?

A internação involuntária de alcoólatras faz parte do tratamento de dependência química e alcoolismo, sendo necessária para conseguir trabalhar e reabilitar os dependentes do álcool, principalmente aqueles que consomem em excesso. Assim as saúdes físicas, emocionais, espirituais e psicológicas dos dependentes conseguem ser reestabelecida e restaurada.

A internação é uma forma de conseguir impedir que o dependente tenha acesso ao álcool, fazendo com que a sua vida seja prejudicada. Com um programa de desintoxicação física aliado a um método terapêutico é possível trabalhar com os motivos que fazem com que o paciente abuse do consumo de bebidas alcoólicas.

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas prejudica a saúde do paciente, mas também é um problema para as famílias que tem que lidar com uma pessoa assim. É por conta disso que se faz necessária a internação involuntária em clínica de recuperação, servindo como uma forma de recuperar a saúde desse paciente através de um tratamento saudável e eficiente.

O alcoolismo

O alcoolismo é um problema que atinge homens e mulheres, sendo mais comum em homens, mas com um número cada vez maior de mulheres passando por esse problema. A saúde é um fator muito prejudicado por conta do consumo excessivo de bebidas alcoólicas, mas além disso a bebida é capaz de afetar a vida afetiva e a vida social dos dependentes.

Por conta disso, é necessário fazer com que o dependente entenda que está passando por um problema e que tem tratamento, precisando ser necessária a internação involuntária em clínica de recuperação. Existem programas estabelecidos nesses locais com profissionais habilitados para conseguir realizar um tratamento tranquilo e saudável.

O álcool consegue mexer com o sistema nervoso e deixa o cérebro menos ativo, por conta disso os problemas de quem exagera na bebida são diversos. Normalmente há a confusão mental, dificuldades de se equilibrar, falta de coordenação, entre outros. Com o tempo, o dependente precisa beber mais para obter os efeitos da bebida, iniciando aí o consumo excessivo desse tipo de bebida.

O alcoolismo tem diversas fases e começa e passa por fases de evolução da doença. O primeiro contato com a bebida é normal, beber para socializar com a família e com os amigos. Com o tempo a bebida começa a ser consumida com maior frequência e em maior quantidade, tudo para manter os efeitos que ela causa no organismo.

O tratamento de dependentes químicos e alcoolismo

O tratamento é um processo demorado, mas quando procura-se investir em uma clínica de recuperação, é possível obter os melhores resultados em termos de recuperação, aliados a segurança. O dependente de álcool precisa passar por uma internação involuntária, onde começa com a desintoxicação. O paciente então passa por um período de abstinência, mas assistido por profissionais.

Nesse período, o paciente faz o acompanhamento com um psiquiatra para poder avaliar os danos na saúde do dependente em relação ao consumo excessivo de álcool. Assim o médico pode receitar alguns medicamentos para que a abstinência não seja tão desconfortável, garantindo um tratamento mais tranquilo.

Para conseguir tratar o alcoolismo, o paciente passa por uma terapia que visa ensinar o paciente a evitar recaídas futuras, trabalhando com ele a mudança de hábitos. Assim o paciente consegue ter maior consciência dos problemas associados ao consumo excessivo de álcool.

Considerações finais

O alcoolismo é uma doença que precisa de tratamento, sendo necessária a associação a clínica de recuperação e internação involuntária. O Grupo Salvando Vidas – Clínicas de Recuperação de Drogados e Alcoólatras realiza há 16 anos o tratamento de dependentes químicos e alcoólatras, oferecendo um espaço com uma estrutura e profissionais capacitados para a recuperação dos dependentes.

Seu Nome: *

E-mail: *

Telefone: *

Estado: *

Mensagem: *

× Podemos te ajudar?